Artigos

O fruto do amor é o serviço...

madre teresa"O fruto do amor é o serviço, e o fruto do serviço é a paz." Madre Teresa de Calcutá

Lc 21, 15-17

Certamente você já se viu diante de Jesus Eucarístico, com lagrimas nos olhos e visivelmente emocionado com sua presença ou ação no meio do seu povo. Acredito, que algumas vezes, você já leu este evangelho e se colocou no lugar de Pedro e também repetiu suas palavras:"Senhor, tu sabes tudo, tu sabes que eu te amo"

Ou talvez você nem esteja no seu melhor momento de intimidade e amizade com Deus, e até esteja se perguntando:"Eu realmente amo ao Senhor?"

Gostaria de convida-lo a conhecer um pouco mais sobre o que Jesus fala a respeito do amor e como Ele gostaria de ser amado por você.

Nossa maneira de medir esta capacidade de amar-nos a Deus, normalmente está associada a sentimentos e sensações, e isto pode nos levar a grandes enganos. Neste evangelho Jesus nos traz uma maneira nova e eficaz de medirmos com segurança como está o nosso "amar a Deus".

A partir do versículo 15 Jesus pergunta por três vezes se Pedro o ama e a resposta de Pedro sempre é afirmativa:"Sim, Senhor, tu sabes que eu te amo"

É interessante notar que após cada declaração de amor de Pedro, Jesus reafirma seu ministério, sua missão pessoal, seu serviço aos irmãos: "Apascenta minhas ovelhas".

Esta é a forma escolhida por Jesus para ser amado. Ele quer ser amado sendo servido nos seus irmãos, nas suas ovelhas pelas quais Ele deu a vida. Ele não quer receber os frutos desse amor,mas quer que o seu povo seja amado. Ele é o destinatário do amor de Pedro, mas não o beneficiário. É como se Ele dissesse:"Considero feito a mim o que farás ao meu rebanho".

Pronto, agora você tem um caminho seguro para saber se o seu modo de amar a Jesus é aquele que Ele deseja ser amado: no serviço aos irmãos.

Como você tem colocado seus dons e talentos na edificação do reino de Deus?

O seu grupo de oração é mais forte, mais rico, mais cheio de frutos porque você tem colocado-se a disposição para o serviço?

Você tem se gastado na construção do Reino de Deus na sua comunidade?

"Quem ama verdadeiramente não suporta ser superado em amor, e quanto mais amado se sente, tanto mais amor quer dar"

Você já parou para pensar que em meio a uma multidão de pessoas que vivem neste mundo, Deus escolheu você para ter esta experiência com Ele, para ter esta vivência com seu amor e misericórdia?

Por outro lado, você já pensou que milhões de pessoas precisam provar deste amor e esta experiência depende de você? Sim, depende da sua disponibilidade em servir, disponibilidade de investir seu tempo e dons para que o evangelho "chegue até os confins da terra".

Algumas pessoas acham que apenas os missionários, pregadores, coordenadores, cantores, são responsáveis por esta evangelização. Isso é um engano. Todo batizado é constituído evangelizador. E agora mais que antes, sabemos que o nosso serviço, além de ser essencial para nossos irmãos, é uma forma de demonstrar nosso amor a Ele.Não basta dizer que amamos a Deus, precisamos servi-lo no irmão e assim provar nosso amor a Ele.

Outra tentação ou engano que é comum em muitos irmãos é a certeza de que não sabem ou conseguem fazer nada. Isso muitas vezes serve de justificativa para não ingressarem em nenhum ministério, e serem apenas ouvintes ou espectadores dos grupos de oração. Mas onde fica aquela frase da Palavra de Deus: "nossa capacidade vem de Deus" (2 Cor 3,5)?

Se Deus é quem capacita, e se Ele sabe e pode tudo, como podemos continuar justificando nossa falta de compromisso e zêlo pela obra de Deus?

Todos nós somos peças fundamentais para a construção do Reino de Deus. Sabemos que "sem Ele nada podemos fazer", mas também sabemos que a "Deus tudo é possível".

O seu Grupo de Oração, a sua Paroquia, a sua comunidade é o lugar ideal para você declarar este amor a Jesus concretamente, servindo-o com muita alegria, afinal, Ele lhe achou digno de chama-lo "amigo". Afinal Ele confia e espera a sua resposta.

Certa vez conversando com o Pe.Jonas Abib, ele me contou esta história: "Certo dia um homem resolveu fazer um galinheiro em seu quintal. Foi a uma loja de ferramentas e comprou um serrote. Passou o dia trabalhando na construção do galinheiro. Ao final do trabalho, colocou o serrote naquele "quartinho de bagunça" que tem em toda casa, afinal iria demorar muito tempo para que ele precisasse usar novamente aquele serrote.

No mesmo dia um carpinteiro, passou o dia trabalhando em sua carpintaria, e ao final do dia, pegou o seu serrote, limpou cuidadosamente, e o guardou em um local apropriado."

Neste momento o Pe. Jonas olhou-me nos olhos e perguntou:"-Luiz, você quer ser cuidado por Deus de vez em quando, ou diariamente? Quer ser limpo, cuidado, afiado, e guardado seguramente todos os dias?" -"Sim".Respondi a ele. Então deixe que Ele use você todos os dias, da forma que Ele quiser e precisar, sem impor condições e nem murmurar.

E você? Quer ser cuidado pessoalmente e diariamente por Deus?

Então sirva a seus irmãos com alegria. Procure um ministério em seu grupo de oração e ame Aquele que o amou até a morte e morte de Cruz.

Deus abençoe. Grande abraço,

luiz_carvalhoLuiz Carvalho - Comunidade Recado
www.comunidaderecado.com
Twitter: @luizrecado

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS
Você está aqui: Home